Mãe 9.5

Mãe 9.5

Mãe 9.5

No dia dezenove de novembro, data da comemoração do aniversário da minha mãe, fiquei a refletir sobre o significado em repassar de tempos em tempos, a idade que chega, trazendo tanta desenvoltura , leveza, singeleza e a maior nitidez da fragilidade que ocupa, com traços tão sublimes e perfeitamente assentados da cabeça aos pés.

Liguei para dizer parabéns, visto que moro em outra cidade, mas ela já foi se deitar, repousar cedo e eu não consegui dizer os “Parabéns Mãe”, então, só tenho à esperar por mais um amanhã…

A certeza de que estará lá, sempre aguardando a chegada de cada filho é meu escudo de evitar a pensar algo ao contrário…

Coisas de filha apaixonada pela mãe que tem, independentemente das circunstâncias de resgates,entendimentos, vivências e coisas que somente eu e meus onze irmãos sabemos…

Hoje ainda, um pouquinho só mais madura, não sei se dei a conta do que é ter uma Mãe 9.5, pois ainda desabrocha em seus questionamentos de mãe, tantas formas ainda de menina, mulher que por vezes quer uns ajustes em seu corpito, sensualidade de mulher no seu cheiro e perfume tão encantador e o mais profundo de todos, a leitura do seu olhar.

Ah, o olhar da minha mãe, desde sempre, corrige, admira a sua cria, fazendo comparações de idades mais jovens, da qual a aceitação ou não da minha parte, pouco importa para ela e sendo mãe, é verdadeira e hoje eu sei , que ela sempre quer o melhor para todos os seus filhos.

Somente no amadurecimento, a carga de entendimento do que é ter uma mãe, avó, bisavó e tataravó desta idade é que se concluem, somente com a maturidade, os valores são interpretados na sua sequência e entendermos estes passos é a melhor escolha que fazemos, passo à passo, sem grandes exigências para com o outro como à nós mesmos…

Cada um é cada um, cada qual com sua vivência e interpretação do ser e seus significados, cabendo à cada integrante da família, resgatar à medida que amadurecemos, com amor e muita serenidade estas reflexões tão úteis para as gerações vindouras.

Creio que neste desenrolar de percepções da maturidade com todo o amor que aplicarmos às gerações que estão chegando, estaremos plantando bons frutos e conexões bem profícuas para quando chegarmos nesta idade.

Salve Mãezinha!!!!!!!!!!!!!

Mili

One thought on “Mãe 9.5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *