Olhar o Seu Retrato

Olhar o Seu Retrato

Olhar o Seu Retrato

 

Apanho o seu retrato,

E trato de ser breve,

Porque fere!!!!!!

@@@@

Este ser

Que guarda,

Com tamanha frenesi,

Na total empolgação,

Traços de um rei,

Perdido ,

Contaminado,

Pelas vestes destas terras,

Que só perdem,

Porque fere!!!!!!!

@@@@

Ainda resisto aos ataques,

Que me fazem nestas jaulas,

Fedorentas e apodrecidas,

Por tamanha vulgaridade,

Que se perdem,

Porque fere!!!!!!!!!!!!

@@@@

Os gritos de guerras,

Retardam na abundância,

De réplicas  conduzidas,

Contaminadas pelas consciências,

Absurdamente enlouquecidas,

Que  massacram,

Escravizam,

Do nada por nada,

E ainda fere!!!!!!!!!

@@@@

Não vou mais ver,

Este seu retrato,

Que somente anuncia,

Exala e enternece,

Buscas esquecidas,

Compadecidas e,

Não concluídas e,

Mesmo assim fere!!!!!!!!!!!!!

Mili

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *