Olhei pro Céu

Olhei pro Céu

Olhei pro Céu

Olhei para o céu,

Então percebi,

Que  chaves brotavam,

De nuvens aturdidas…

 

Sem espaço,

Sem tempo,

Sem como medir,

O vento soprava,

Desenhos

De  mil formas…

 

Atentamente,

Sob o domínio,

Da investigação,

Da intuição… e

Imaginação…

 

Percebi só então,

Que chaves abriam,

No meu céu infundado,

Mil formas,

Com traços…

Que trago..

Que laço…

Que  faço um presente!!!

 

Mil formas,

Se exprimem e

atentam…

 

Mil traços,

Traduzem,

Toda a essência!!!!!!!!

 

É preciso coragem,

No saber e entender,

Acumular ou resgatar,

Na  força dum traço!!!!!!!!!!

 

Mili

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *