Sonâmbula De Amor

 

 

Sonâmbula De Amor

Sonâmbula De Amor

No interior do meu quarto, sobram os espaços , para a longa dança que insisto em bailar.

Em cima da minha cama, restam as músicas,despejadas e desejadas, na sinfonia amorosa , que proponho ardentemente proclamar.

Ao meu lado, todos os dias, os criados mudos, censuram os meus desejos tantos, que se criam em cada noite, quando deito para o descanso e passo ao sonho do encanto no bailar.

Nesta balada sincera, ecoam as marcas tingidas e mal interpretadas, das tantas vezes , que ouço a voz interna, desejando, em socorro, apenas,  o melhor som a me embalar.

Talvez para o sono!!!

Talvez para o sonho!!!

Talvez para o sonâmbulo  saltar , que insiste em bailar!!!

Mili

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *