Incontrolável Força Do Tempo

 

 

Incontrolável Força do Tempo

Incontrolável Força do Tempo

Na triste  manhã de inverno, acordo tarde demais,  para enfrentar os duros dias que se apresentam   e me sugerem um aperfeiçoamento e correção de tudo o que ambiciono para as próximas temporadas.

Pois quem está vivo, as temporadas se levantam, exigem  e adormecem muito mais depressa do que imagino.

Os dias que seguem, têm a cadência tão mal colocada por mim, que até o meu respirar, precisa de um reparo maior.

É mais encantador, contar as vezes que suspiro,  do que perceber o dia que vai se indo…

Impressionante é o cálculo de previsões que nem sempre chegam a se firmar. Será que as minhas contas não batem com o tempo que estou a experimentar?

Será que é necessário um novo instrumento que possa medir e calcular as vezes que me pego indagando sobre a melhor forma de prever e acontecer?

Não sei não, tudo está muito depressa e exigente demais. Já não se faz tardes longas, conversas que giram o mundo em apenas algumas horas…Onde apenas nos enriquecemos com a imaginação, somente ouvindo alguém que se propõe a nos contar sobre suas idas e vindas tão bem colocadas.

Que beleza experimentar uma tarde lançada  num sofá, um chá e um bom papo entre amigos, filhos ou alguém a nos procurar para também dissertar.

Éh,  uma lista interminável de questionamentos quando o assunto é a adaptação do tempo com as nossas exigências dum modo de vida que nem sempre estão galgando na mesma velocidade.

Será que estamos no controle do nosso melhor repertório que é o dormir e acordar , crendo que seremos eternos nestes disparos de lances previstos, sempre na esperança que o amanhã será mais vasto, em se tratando de tempo e melhor que o ontem?

Faço votos de que a incontrolável ânsia que me assiste, esteja contribuindo para que os lances de dias melhores e bem mais aproveitados, sejam meus melhores aliados na minha idade avançada.

Porque senão, de que adiantam tantas correrias, tantas idas e vindas, na mais  acelerante que já fiz, para depois, tudo acabar-se em nada?

Hoje estou aqui, amanhã, talvez, encontram-me também do lado de lá,  e será que lá  é do mesmo jeito, em se tratando do melhor aproveitar o tempo?

Raciocine o tempo no PRESENTE, por quem foi feito este  EMBRULHO e como este chega em sua vida!

Mili

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vertendo Amor

 

Mudaram-se os planos,

Já não o sinto mais,

Nem mesmo, o brilho de seus olhos,

Me  iluminam mais!!!

@@@

As suas mãos,

Tão quentes e eloquentes,

Acolhedoras,

Já não encontram mais!!!

As minhas,

Tão diferentes,

Tão ardentes,

Tão carentes!!!

@@@

Instantes possíveis,

Ainda permanecem,

Na esperança vã,

Que ora chega,

Ora vai,

Na junção do querer,

Não poder,

Resgatar!!!

@@@

É injusto,

Tantas juras,

Que se perderam,

Nestas mudanças!!!

@@@

O que permanece,

Somente cresce,

Invade,

E  anuncia na,

Certeza da tristeza!!!

@@@

Tristeza,

Que só cresce,

Invade ,

E anuncia,

A ausência que,

Permanece!!!

@@@

A coragem,

Outra vez,

Me enobrece!!!

@@@

São as sobras,

Do amor,

Que me ,

Revestem!!!

@@@

Enquanto vestem,

Todo o meu ser,

Que se estremece,

Só de pensar,

Que algum dia,

Tudo recomece!!!

 

Mili

 

Bola Rolando

Bola Rolando

Bola Rolando

 

 

O avançar da bola dentro do campo, tocando cada vez os pés daquele que melhor sabe direcioná-la para a grande sacada do gol.

Afinal, bola que é bola, sempre fica na expectativa de ser a grande chutada de todos os tempos.

O melhor que ela sabe extrair,  é do drible “manero, ‘ daquele que se identifica com suas passagens aéreas  e bem posicionadas.

Se eu fosse a bola, seguiria o rumo junto aos pés de quem melhor me direcionasse,  para então, levar-me aos absurdos e estridentes gritos de alcance da melhor posição do gol.

Eu escolheria melhor os meus chutadores por pura e simples empatia, afinal, selecionaria os pés apressados e sedentos do virar o placar.

Placar incendiado de torcida que se transforma a cada chute na trave que passar adentro.

Esteja certo de que a parafernália de gritos e loucuras mil agitam o pedaço movido aos gritos de desespero de cada time.

Ah! se eu fosse a bola, seguiria na tragédia dos sedentos ao título, na ânsia de angariar os sussurrados gols de embate,  na alegre e decidida fornalha de ecos estridentes.

Tamanha é a condição das pernas que se encontram, se trançam, se chocam e até se quebram pelas bolas que querem lançar.

E as cabeças, tantas cabeças à pensar no melhor drible que a bola promete entrar.

Cabeçadas pela direita, esquerda , no centro e até na moleira tão dura que se entrega na promessa de arrancar os aplausos daqueles entregues na mesma sinfonia que compartilha na energia  do melhor lance.

É preciso ter garra e força para suportar a onda que tanto eleva ,quanto a faz rastejar.

Estou falando da bola de futebol, da bola que gosta dos chutes variados,do esporte favorito dos brasileiros que nem começam a andar e já começam a chutar o que  vem pela frente.

Tamanha é a ganância  que vem na companhia do chute,  que leva o que for preciso para dentro do gol.

Raciocine comigo se você costuma interpretar e comparar os seus lances diários como a bola que quer ser empurrada, chutada e solta aos pés de quem chegar.

Éh, bola que é bola, não vai de ré, às vezes alguns arranques pra trás, somente para enganar os adversários; assim, supera e dribla o que for preciso nesta grande jogada da vida que é o nosso campo de batalha…

Mili

 

 

 

 

 

 

 

,

Aniversário de Mãe

Aniversario de Mãe - Noventa e  tres anos

Seu aniversário será dia 19/11,
Segunda-feira de 2012.
Completar 93 primaveras,
Isto tudo,
Me pôs à pensar,
Refletir,
Sentir e,
Mais amar!!!!!!!!!!!!!

Refletir sobre,
A Insistência,
Existência,
Permanência e,
Essência.

O que faz com que,
Cada um de nós,
Seres que persistem na existência,
No consentimento em resistir,
Ao tempo,
Ao cansaço,
Às chances,
E aos pedaços!!!!!!!!!!!!

Cada qual,
Com seu roteiro,
Com seus planos,
Com suas marcas,
Tão bem improvisadas,
Descarregadas,
Batalhadas e ,
Presenteadas!!!!!!!!!!!!!!

Marcas que se confundem,
Interagem e se reciclam,
Em cada pedaço de ser,
Que se desponta,
Através de outro ser!!!!!!!!!!!

Assim é a nossa passagem,
Existência e
Essência!!!!!!!!!!!!

Completar 93 anos,
Diferencia das expectativas,
De vidas que se entrelaçam!!!!!!!!!!!

Completar 93 anos,
Aprimora o bom senso,
traduz toda a dinâmica,
Que resiste ao tempo!!!!!!!!!!!

Completar 93 anos,
Estabelece a certeza,
Do cumprimento que se divide,
Nas etapas que se alcançam!!!!!!!!!!!!!!

Processo de certezas,
De virtudes acumuladas,
Que se lançam como espadas,
De pura luz emanada!!!!!!!!!!!!!!!!

Completar 93 anos,
Diferencia na cadência,
Ressurgindo na inteligência,
Do drible que se transforma,
Na competição com o tempo!!!!!!!!!!!!!!

PARABÉNS MÃEZINHA QUERIDA POR MAIS UM ANIVERSÁRIO!!!!!!!!!!!!!
SALVE!!!!!!!!!!!!

OS NOVENTA E TRES ANOS DE GLÓRIAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mili