Na Pauta Da Observação

Na Pauta Da Observação

Na Pauta Da Observação


Passar as horas, desmistificando aquele entulho jogado dentro da cabeça, que está somente acumulando poeira e agregando compactados e inúteis espaçosos, na atual conjuntura …

Fazer versos só para camuflar muitas verdades e que a melhor saída desta estranha significância do que é ser, chegará em alguma mão, capaz de decifrar as cognitudes deste saber…

Não ultrapassar as barreiras da intuição, pois, diariamente recolher todo e qualquer propósito lançado, sem que a sua utilidade seja comprovada nas demais vivências…

Ouvir os absurdos lançados, através das redes manipuladoras, que espalham toda a letargia inflada em conceitos absurdamente onerosos e porque não dizer , poderosos, para que não acordem para o melhor raciocínio e a consequente, melhor visão do que à todos cerca …

Muitas águas rolam neste universo…

O Contínuo questionar faz parte de cada lição que se apresenta…

E assim, a cada barreira que se manifesta nesta festa tão badalada que é a vida, conjugar o verbo possibilitar, o qual abre as novas comportas e perspectivas da progressão de cada entender…

Não faça como o tolo que se anula e abaixa a cabeça sem nada entender…

Questione… Argumente … Não se conforme … Desvende os mistérios… Acredite no possível…

Mili