Na Pauta Da Observação

Na Pauta Da Observação

Na Pauta Da Observação


Passar as horas, desmistificando aquele entulho jogado dentro da cabeça, que está somente acumulando poeira e agregando compactados e inúteis espaçosos, na atual conjuntura …

Fazer versos só para camuflar muitas verdades e que a melhor saída desta estranha significância do que é ser, chegará em alguma mão, capaz de decifrar as cognitudes deste saber…

Não ultrapassar as barreiras da intuição, pois, diariamente recolher todo e qualquer propósito lançado, sem que a sua utilidade seja comprovada nas demais vivências…

Ouvir os absurdos lançados, através das redes manipuladoras, que espalham toda a letargia inflada em conceitos absurdamente onerosos e porque não dizer , poderosos, para que não acordem para o melhor raciocínio e a consequente, melhor visão do que à todos cerca …

Muitas águas rolam neste universo…

O Contínuo questionar faz parte de cada lição que se apresenta…

E assim, a cada barreira que se manifesta nesta festa tão badalada que é a vida, conjugar o verbo possibilitar, o qual abre as novas comportas e perspectivas da progressão de cada entender…

Não faça como o tolo que se anula e abaixa a cabeça sem nada entender…

Questione… Argumente … Não se conforme … Desvende os mistérios… Acredite no possível…

Mili

O Relógio Que Canta

O Relógio Que Canta

 

Estou  aqui, com meus questionamentos, quando repentinamente, o relógio começa a tocar os  três cantos do pássaro.

A cada hora que escoa, o pássaro canta e daí o sorriso vem, a lembrança de algo bom começa à compartilhar as minhas lembranças e as expectativas de melhoras começam a surgir.

Como é possível, num simples canto  de pássaro, remeter e também acordar para algo novo e inspirador?

Presente da minha madrinha Maria Wilma, dado com tanto carinho, e ela nem imagina a alegria que é,  à cada hora que se passa, a alegria do canto do pássaro inundar a minha audição com tão suave canto.

Daí, fico a perceber  sobre a lição que este relógio que canta ,trouxe para a minha vida.

Será que podemos ser como o canto desses pássaros do relógio, que trazem a alegria, felicidade e tamanha ternura?

Escrever e detalhar sobre esse meu pensamento é facílimo, quero ver o conseguir  ser essa felicidade, viver e contagiar para que outros possam sentí-la como eu sinto e ainda mais, ser lembrada sendo eu essa felicidade.

Não é nada fácil nestes tempos de tamanha turbulência, onde cada um vive para si, testemunhando que o tempo é curto demais para tais fragilidades.

Então, mais uma vez, os ponteiros batem mais uma hora e o pássaro assobiando novamente, trazendo à tona mais felicidade e a certeza de que não importa o tempo que for, estarei na esperança em ser melhor, ser lembrada apenas pela minhas atitudes no bem e poder contagiar sempre alguém que estiver necessitando de forças para prosseguir.

Sei que não é fácil ser isto tudo, talvez consiga nesta vida, ser apenas uma pontinha deste meu querer, mais já é um bom início para prosseguir como o canto do pássaro me influenciou.

Reflita sobre o seu querer ser e se revestir dessa felicidade, contagiando à todos que encontrar nesta caminhada.

Mili

 

Construindo Datas

Construindo Datas

Construindo Datas

 

Perambulando nas idéias que se criam, diante a insensatez que sempre somos forjados a questionar ou não, dependendo do grau a que nos submetemos em certas ocasiões, cresce a instabilidade, juntamente com as certezas de que,  de um modo ou outro, iremos concluir o que está sendo debulhado aos nossos olhos e despejado aos nossos ouvidos.

O fato é que, se principia e se amolda aos nossos modos, certas couraças que não nos pertencem e se agregam de uma forma ou outra, criando modos, maneiras e principalmente atitudes de que não precisamos  ao nossos estilo,  como ser pensante,  que é capaz de também criar modos e maneiras muitíssimo melhores  a que estão tentando nos forjar.

Para bom entendedor, meia palavra basta. Mas quando o assunto é a intrínseca forma de vida que queremos por vezes deixá-la mais “light” ou “clean” , situa-se uma função dificílima na corrida contra a vida.

O ser humano parece que quer mas não pode e se pode interpreta de um modo  que ninguém consegue alcançá-lo, de tão complicado que sempre se apresenta.

Fala-se, escuta-se e sempre  destaca-se, aquele que consegue melhor interpretar as datas  que somos “obrigados” nos destaques que certas épocas  representam no processo de vida.

É muitas enganação, muita ilusão,  formada na permuta de objetos,  que servem apenas para aumentar a nossa gana por passar o tempo que estamos atravessando…

Fora os sabores incomparáveis que queremos apresentar, juntamente com o que de melhor pudemos ultrapassar em oferecer…

Éh!!!!!!!!!!!!Idéias mil começam a borbulhar por minha cabeça tão massacrada, escravizada e sedenta por entender um pouco a mais do que é ser um ser que  somente persiste na idéia de se criar atitudes e coisas que não compliquem tanto o nosso estado de ser.

Mili

 

 

 

 

Sem Fronteiras

Sem Fronteiras

Sem Fronteiras

No absurdo da insensatez,  crio detalhes pitorescos, recolho as  atitudes desbravadoras e cheias de expectativas que me permitem estar nas principais listas de seres prestes `a qualificar-se como o incógnito  da espécie humana.

Sobram atitudes de bem, viajando dentro de bolhas assopradas quase que sem parar pela criança que existe dentro de meu ser.

Esta,  que anseia pela liberdade de  fazer , conhecer, acontecer e, principalmente,  criar    alternativas e fatos, capazes de  emergir pelo mundo afora, somente coisas que signifiquem estados que componham a maior sinfonia harmoniosa  de letras que bailam através de todos os meus atos.

Este treino é incessante, já faz parte da sinfonia que quero compor, restabelecendo todas as formas encontradas e das quais pude extrair algo de melhor.

Treino puxado este, que consegue arrancar todos os absurdos que me acompanham desde sempre e resgatar as “boas qualidades” que suponho que possam de algum modo colaborar com um melhor estado de espécie.

Mas, somente com o meu pensar, é demais trabalhoso reparar as arestas que foram despejadas ao longo de meu caminhar.

Então, recorro as lições que por este mundo foram deixadas, ditadas e compiladas para a minha maior compreensão.

Ah, essa sim foi a minha liçao de maior valor que já pude conhecer.

Essa é a verdeira e inédita que passo a refletir com melhor e maior sabedoria que antes…

O estado de graça permeia meus alicerces, contrastando com as possibilidade da  genética, evolução, filiação e recursos dos quais disponho,  para a  melhor interpretação desse estado tão fortemente desejado.

Procure você  também, estabelecer meios que proporcionem esse estado de maior contemplação,  no sentido de como viver e entender a vida.

Procure no seu interior, a resistência que leva a não determinar esse código de chaves que abrem as portas para a maior” graça” sentida em todos os tempos.

Faça e aconteça para você, envolva você nessa misericórdia de ti para ti e concentre-se nessa real potência por você merecer tudo de melhor, num melhor entendimento…

Reflita melhor as ações que têm por finalidade,  o estado de melhor compreensão da vida, em que possas dividir com o restante do universo a real verdade que te eleva, valoriza e te põe ao melhor entendimento…

Não perca mais tempo em questões que nada traduzem e nada significam para a tua evolução.

Preste atenção ao que te ensinam, ao que colocam na sua frente, fazendo-o acreditar, sem contestar…

Assim pensando, saiba que irá resgatar muito mais sabedoria do que acha ser capaz.

Raciocine comigo!!!!!!!!!!!!!!!

Mili